Sociedade | 02-12-2018 18:00

Funcionária da Misericórdia de Alhandra despedida por suspeita de levantar dinheiro de idosa

Funcionária da Misericórdia de Alhandra despedida por suspeita de levantar dinheiro de idosa
CONFLITO

Visada não aceitou decisão e moveu processo contra a instituição no Tribunal de Trabalho.

Misericórdia de Alhandra realizou uma auditoria interna e depois de um processo disciplinar acabou por despedir a directora financeira por justa causa. Em causa estão levantamentos de dinheiro com cartão multibanco de uma utente do lar.

Uma mulher de 38 anos que desempenhava as funções de directora financeira na Misericória de Alhandra foi despedida por justa causa por suspeita de ter levantado cerca de 300 euros da conta bancária de uma idosa, residente no lar da instituição, sem permissão desta.

O assunto tem dominado as conversas de rua naquela vila ribatejana e foi também, falado na assembleia geral da instituição na noite de 23 de novembro. O caso passou-se em 2017 mas só agora veio a lume depois da funcionária em questão, que já prestava serviço na Misericórdia de Alhandra há 11 anos, ter avançado com um processo no Tribunal de Trabalho contra aquela instituição, por não concordar com a forma como decorreu o seu processo de despedimento.

Notícia completa na edição de O MIRANTE já nas bancas

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo