Sociedade | 07-12-2018 07:00

Vila Franca de Xira continua à espera que o Estado resolva problema da Secundária Gago Coutinho

Vila Franca de Xira continua à espera que o Estado resolva problema da Secundária Gago Coutinho
OBRAS
foto DR - foto Ilustrativa

Avanço da obra na escola está dependente de desbloqueio de verbas do Ministério das Finanças.

Estão resolvidos os problemas burocráticos em torno do concurso público internacional para a conclusão da empreitada de execução das obras de modernização da Escola Secundária Gago Coutinho, em Alverca, mas as obras continuam sem avançar. Em falta está o desbloqueio de verbas por parte do Ministério das Finanças.

A informação foi avançada na última sessão da Assembleia Municipal de Vila Franca de Xira pelo presidente do município, Alberto Mesquita (PS). “Todas as questões foram resolvidas. O concurso foi feito, a empreitada está consignada, a única coisa que falta é o desbloqueamento financeiro por parte do Ministério das Finanças. Tenho feito algumas iniciativas para que isto se resolva e a obra finalmente comece”, notou o autarca.

O autarca já por diversas vezes vincou que o seu concelho espera que as obras arranquem com urgência, porque são os quase 1.100 alunos daquela escola que sofrem todos os dias com falta de condições. Isto porque a escola está há oito anos transformada num estaleiro de obras desde que os trabalhos foram interrompidos.

Notícia completa na edição de O MIRANTE já nas bancas

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo