Sociedade | 14-01-2019 10:00

Cláudia Francisco

Cláudia Francisco
AGORA FALO EU

Administrativa na Tequalcomvis Unipessoal, Lda., 40 anos, Entroncamento

Costuma dar dinheiro a mendigos? São poucas as vezes que dou dinheiro a mendigos, mas acontece. Há situações e pessoas que me tocam e se isso acontece puxo de uma moedita para ajudar.

Gosta mais do campo ou da cidade? Se me fizessem essa pergunta há uns anos eu diria cidade sem pestanejar. Hoje em dia penso de maneira diferente. Não abdico da vida citadina, gosto até de alguma confusão, mas preferia viver no campo. Nos dias que correm é importante ter alguma tranquilidade para contrapor à azáfama do dia-a-dia.

Do que sente mais saudades? Tenho saudades de tanta coisa! Tenho saudades de pessoas que já cá não estão; tenho saudades dos tempos de juventude em que não havia preocupações com quase nada; tenho saudades de certas comidas que a minha mãe fazia...

Era capaz de viver sem música? Não era capaz de viver sem música. Ela faz parte do meu dia-a-dia, em casa, no carro, no trabalho. A música liberta-me o espírito, e deixa-me mais bem disposta.

Gosta de comemorar o seu aniversário? Gosto muito de comemorar o meu aniversário. É meu dia e isso faz-me sentir de alguma maneira especial... (sorriso)

As pessoas preocupam-se com a saúde? Fazem prevenção? Penso que se preocupam mais do que há anos. Estão mais atentas e mais informadas acerca dos problemas e fazem prevenção. Nunca se viu tanta gente a fazer desporto ou a ter cuidado com o que come, como se vê nos dias de hoje.

Qual o seu prato preferido de bacalhau? Gosto muito de bacalhau e gosto dele confeccionado de quase todas as maneiras mas o meu prato de bacalhau preferido é o bacalhau à lagareiro.

Alguma vez deu sangue? Nunca dei mas tenho andado a pensar nisso. Não custa nada e pode ajudar imenso.
Qual a tradição que nunca podemos deixar morrer? Sem dúvida nenhuma o Natal, como símbolo de união e de família. Não devemos deixar morrer essa tradição.

Conseguia viver sem telemóvel? Conseguia viver sem telemóvel mas não iria ser fácil. O telemóvel acompanha-me para todo o lado. Posso sair de casa sem a mala, mas sem o telemóvel nunca!

Que estação do ano prefere? Tenho uma clara preferência pelo Verão. Adoro sol, calor, praia... Se pudesse abolia o Inverno das estações do ano! Não me dou nada bem com frio.

Gosta de grandes reuniões familiares? Gosto mesmo muito! Estar com a família fortalece os nosso laços e isso faz-me sentir bem.

Ler jornais é saber mais? Concordo plenamente. Ler amplia o nosso conhecimento e a capacidade de compreensão sobre os mais diversos assuntos. Ajuda a desenvolver capacidades pessoais e profissionais.

Como é um dia bem passado? Para mim um dia bem passado é quando estamos num local ou na companhia de alguém e não queremos que esse momento acabe.

Já alguma vez teve de mudar um pneu do carro? Sim, já mudei algumas vezes. Não tenho qualquer dificuldade em trocar um pneu, mas admito que é um trabalho pesado.

É daquelas pessoas que gosta de estacionar o automóvel à porta de todos os locais onde vai? Sou dessas pessoas.

Quanto mais perto melhor. Sou um pouco comodista quando toca aos estacionamentos.

Quais as qualidades que mais aprecia numa pessoa? O que mais aprecio numa pessoa é o carácter, a inteligência e a criatividade.

Quando viaja prefere que meio de transporte (carro, comboio, bicicleta)? Prefiro viajar de carro, é mais cómodo e mais prático mas acho que o comboio é uma óptima opção para viagens longas. Quanto à bicicleta, para mim, não é um transporte para viajar...

Costuma dar a vez a pessoas mais idosas na fila do supermercado? Claro que sim. Já aconteceu algumas vezes no supermercado, na sala de espera do centro de saúde, em transportes... Já me levantei muitas vezes para dar lugar a uma pessoa de idade e faço-o com todo o gosto.

A Justiça funciona bem em Portugal? Acho que não. Infelizmente em Portugal a justiça não é igual para todos
Se lhe saísse um bom prémio no Euromilhões, qual era a primeira coisa que fazia? O que me dava mais prazer fazer seria ajudar a família, deixá-los bem, sem preocupações financeiras. São as pessoas mais importantes da minha vida...

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1408
    19-06-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1408
    19-06-2019
    Capa Médio Tejo