Sociedade | 07-02-2019 18:00

Se fosse a Câmara de Santarém a mandar a EN114 já estava reaberta

Se fosse a Câmara de Santarém a mandar a EN114 já estava reaberta
OBRAS

Presidente do município refuta críticas e reitera que a bola está do lado da Infraestruturas de Portugal.

O presidente da Câmara de Santarém diz que, se a decisão dependesse do município, já teria sido reaberto ao trânsito o troço da Estrada Nacional (EN) 114 entre o planalto citadino e a Ribeira de Santarém. A estrada está cortada desde Agosto de 2014 por razões de segurança, devido a uim deslizamento de terras na encosta de Santa Margarida.

Na última reunião do executivo, Ricardo Gonçalves afirmou que “se a estrada fosse da câmara já estaria aberta”, referindo que a zona onde ocorreu o deslizamento está corrigida desde Setembro passado. “Acho que não há alguém que queira mais a estrada reaberta do que nós”, disse.

Ricardo Gonçalves respondia a moradores e comerciantes do centro histórico que marcaram presença na reunião de câmara e apresentaram uma série de problemas que gostariam de ver resolvidos, entre eles o da EN114, uma estrada nacional sob tutela da empresa pública Infraestruturas de Portugal.

Respondendo às críticas, o autarca rejeitou responsabilidades no atraso das obras e na reabertura da estrada e recordou o empenho da autarquia na resolução dos problemas das barreiras, com a assumpção de uma parte dos custos da empreitada actualmente em curso.

Em resposta a questões colocadas por O MIRANTE no mês passado, a Infraestruturas de Portugal informou que tem em curso os procedimentos necessários com vista à instalação de inclinómetros na encosta de Santa Margarida que permitirão aferir se os terrenos estão estáveis por forma a permitir a reabertura do troço da EN114.

O troço da EN114 encerrado é a principal via de ligação entre o planalto de Santarém e a Ribeira de Santarém e a ponte D. Luís, que dá acesso à margem sul do Tejo. Trata-se de um dos principais acessos à cidade, que tem agora como principal alternativa a movimentada Estrada da Estação e a íngreme Calçada de Santa Clara.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1390
    13-02-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1390
    13-02-2019
    Capa Médio Tejo