Sociedade | 10-02-2019 12:30

CERCI de Azambuja continua a encerrar valências e a perder funcionários

CERCI de Azambuja continua a encerrar valências e a perder funcionários

Campanha de donativos a favor da instituição não surtiu o efeito desejado e familiares dos utentes temem pelo encerramento definitivo da Flor da Vida.

Depois de terminada a campanha de donativos a favor da CERCI - Flor da Vida, Carlos Neto, presidente da direcção continua preocupado com o futuro da instituição com sede em Azambuja. “Foram angariados cerca de 4.600 euros, um valor irrisório para poder fazer a diferença perante a nossa situação financeira”, diz a O MIRANTE, sublinhando que para sua surpresa os contributos das 600 empresas contactadas foram praticamente nulos. “Não podemos obrigar as empresas a serem solidárias com a nossa situação”, lamenta.

Notícia completa na edição de O MIRANTE já nas bancas

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1390
    13-02-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1390
    13-02-2019
    Capa Médio Tejo