Sociedade | 24-04-2019 16:27

Já foi detido o suspeito do homicídio da brasileira em Santarém

Já foi detido o suspeito do homicídio da brasileira em Santarém

Vítima foi encontrada morta com sinais de violência numa casa do centro histórico da cidade.

Já foi detido o suspeito do homicídio da brasileira em Santarém. A estrangeira que se dedicava à prostituição foi assassinada a 28 de Janeiro e a Polícia Judiciária, que estava a investigar o caso, deteve agora o homem sob o qual recaem as fortes suspeitas de ser o autor do crime. O homem foi detido em Santarém, onde residia, numa rua do centro da cidade.

A vítima foi encontrada numa casa da Travessa das Frigideiras, no centro histórico, com sinais de violência. Lúcia Oliveira tinha dois filhos e era casada com um português, natural de Santarém, com quem morava há cerca de cinco anos. O homem trabalhava, na altura do crime, no estrangeiro, na construção civil.

A brasileira veio para Santarém há mais de 10 anos e dedicava-se à prostituição. Trabalhou em várias casas nocturnas do concelho, tendo a última sido o Retiro da Francesinha, perto do Vale de Santarém. Mesmo casada, a mulher continuou a atender clientes, mas por conta própria, garantem algumas amigas próximas da vítima, que pediram para não ser identificadas.

A casa onde o corpo foi encontrado não era local de residência, estando alugada por ela e outras mulheres que atendiam clientes, muitos deles habituais. Uma amiga da vítima, Ana Bela Vitoriano, contou na altura a O MIRANTE que não percebe o porquê de Lúcia ter continuado a trabalhar como prostituta, uma vez que o marido ganha bem e o filho mais velho, que trabalha no Estrangeiro, também ajudava financeiramente.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1404
    23-05-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1404
    23-05-2019
    Capa Médio Tejo