Sociedade | 11-06-2019 07:00

Valnor recolhe mais de 100 mil toneladas de lixo em 2018

A empresa responsável pelo tratamento de lixo em Abrantes e Sardoal recolheu no ano passado 104 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos na totalidade dos municípios que tem a cargo nos distritos de Santarém, Castelo Branco e Portalegre.

A Valnor, empresa responsável pelo tratamento de lixo em Abrantes e Sardoal, recolheu 104 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos e mais 19,3 mil toneladas através de recolha selectiva em 2018.

O anúncio foi feito esta quarta-feira, 5 de Junho, pelo administrador delegado da Valnor, Nuno Heitor, durante a conferência "Castelo Branco, uma Cidade Verde e Inteligente", que decorreu na biblioteca municipal de Castelo Branco.

O administrador da empresa responsável pela recolha em 25 municípios dos distritos de Santarém, Castelo Branco e Portalegre, adiantou ainda que foram vendidas 5,3 toneladas de composto e produzidos 2,37 gigawatts hora (Gwh) de energia.

A Valnor, uma das 11 empresas do grupo 'Environmental Global Facilities' (EGF), é responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos nos municípios de Abrantes, Alter do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo Branco, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Fronteira, Gavião, Idanha-a-Nova, Mação, Marvão, Monforte, Nisa, Oleiros, Ponte de Sor, Portalegre, Proença-a-Nova, Sardoal, Sertã, Sousel, Vila de Rei e Vila Velha de Ródão.

Abrange uma área aproximada de 12 mil quilómetros quadrados e serve uma população de cerca de 254 mil habitantes.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1407
    13-06-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1407
    13-06-2019
    Capa Médio Tejo