Economia | 12-12-2018 12:30

Negociar energia mais barata ao alcance das empresas portuguesas com o apoio da AIP e do COMPETE 2020

Negociar energia mais barata ao alcance das empresas portuguesas com o apoio da AIP e do COMPETE 2020
foto DR

Empresas portugueses podem finalmente aderir aos leilões de energia para terem uma maior vantagem nos preços.

Mais competitividade, mais facilidade de negociação e comparação de preços, é o que permitem os leilões da e-UTIL, a plataforma de leiloes digitais que a Associação Industrial Portuguesa – Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI) montou com o apoio do COMPETE, e é dirigido a todas as pequenas e médias empresas nacionais.

Os leilões abrangem vários sectores mas, para já, só se realizam ainda os leilões para a contratação de energia mais barata. A breve prazo vão realizar-se outros nas áreas dos seguros, das tecnologias de informação e comunicações, assim como nas áreas dos materiais de escritório.

A Plataforma vai ser importante também para ajudar as empresas a implementarem soluções de eficiência energética igualmente destinada ao aumento da competitividade.

A Associação Industrial Portuguesa – Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI), realizou ao longo dos últimos meses por todo o país diversas iniciativas, em colaboração com várias entidades, de forma a divulgar e apresentar a plataforma de leilões e.UTIL, dedicada para já aos leilões digitais de energia.

As reuniões foram todas em modo de conferência ou de interacção em feiras locais e dirigidas às pequenas e médias empresas (PME) de cada região.

Estas iniciativas enquadram-se no âmbito de um projecto apoiado pelo programa Portugal2020, através do COMPETE, para, por meio de uma plataforma electrónica de leilões digitais, promover a compra agregada das designadas utilidades, ou seja, energia, tecnologias de informação, consumíveis e seguros, por parte das PME.

A Plataforma e.UTIL é um serviço que tem como objectivo aumentar a competitividade empresarial através da optimização de custos, promovendo a criação de um serviço de leilões digitais destinado à aquisição agregada ou colectiva de utilidades, entendidas no sentido mais lato do termo, e onde se incluem os serviços referidos em cima.

A plataforma está direccionada às pequenas e médias empresas (PME), com enfoque nas regiões de convergência, e tem como intuito a redução de custos operacionais relacionados com as áreas de compras, fazendo apelo à participação activa na economia digital para a criação de um ponto de encontro (matchmaking) entre a procura e oferta de produtos e serviços.

A actividade central do e.UTIL, consubstancia-se assim na criação de uma plataforma aberta de compras agregadas, que funcione como um Marketplace em formato de leilão digital de lotes, que agreguem por um lado necessidades de procura homogéneas entre si, e, por outro, as ofertas de preço das empresas fornecedoras de utilidades.

Desde 2017 que a AIP vem promovendo reuniões e conferências com empresários e suas associações de classe, assim como com a colaboração das forças vivas de cada região.

Guarda, Castelo Branco, Aveiro, Setúbal, Leiria e Lisboa foram as localidades onde já se realizaram as sessões mais participadas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1416
    14-08-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1416
    14-08-2019
    Capa Vale Tejo