Economia | 08-02-2019 12:30

Novos concursos abertos para apoiar agricultores do Ribatejo Interior 

Novos concursos abertos para apoiar agricultores do Ribatejo Interior 
DESENVOLVIMENTO

A TAGUS está a receber, desde o início do mês, candidaturas aos apoios do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020).

A TAGUS - Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior está a receber, desde o início do mês, candidaturas aos apoios do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020), enquadrados nas medidas 10.2.1.2. Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas e 1.2.1.5. Promoção de Produtos de Qualidade Locais.

A dotação orçamental destes dois concursos é de 370 mil euros e as candidaturas de projectos a implementar em Abrantes, Constância ou Sardoal podem ser submetidas até 15 de Abril.

Lagares, adegas, produtores de compotas, fabricantes de produtos cárneos, entre outros, que pretendam modernizar e capacitar os seus negócios, podem encontrar apoio para o seu investimento, através da operação “Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas”. As candidaturas podem ir até aos 200 mil euros e o apoio será de 45 por cento das despesas elegíveis.
Nesta linha, é valorizada a transformação e comercialização de produtos agrícolas prioritários na Estratégia da TAGUS, tais como os provenientes do olival, os produtos biológicos, os frutos vermelhos e os hortofrutícolas. Também são majorados investimentos na eficiência energética e modelos de comercialização online.

Já a operação “Promoção de Produtos de Qualidade Locais” tem por objectivo apoiar a promoção e as políticas comerciais, que permitam induzir o consumo pela valorização dos produtos abrangidos por regimes de qualidade, como os de Denominação de Origem Protegida (DOP), Indicações Geográficas Protegidas (IGP), Especialidade Tradicionais Garantidas (ETG), Produção biológica e integrada, entre outras.

A comparticipação de projectos na 10.2.1.5., do PDR 2020, é de 50 por cento das despesas elegíveis para candidaturas até aos 200 mil euros ou 400 euros, no caso de parcerias de agrupamentos de operadores.
Esta medida destina-se a apoiar estudos ou pesquisas de mercado, com vista à definição de posicionamento do produto num mercado, estudos de caracterização da especificidade e qualidade do produto, elaboração e implementação de planos de comercialização ou marketing-mix e acções promocionais.

Para mais informação e consulta dos avisos de concurso e da legislação aplicável, no âmbito do Desenvolvimento Local de Base Comunitária Rural (DLBC Rural), do PDR 2020, financiados pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER), deve ir ao sítio na Internet da TAGUS (tagus-ri.pt) ou do PDR2020 (pdr-2020.pt).

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1417
    21-08-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1417
    21-08-2019
    Capa Médio Tejo