Economia | 08-06-2019 19:30

Coruche está na linha da frente no emprego no sector da cortiça

FICOR – Feira Internacional da Cortiça decorreu em Coruche de 30 de Maio a 2 de Junho.

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, presidiu à inauguração da FICOR – Feira Internacional da Cortiça, na quinta-feira, 30 de Maio, e referiu que Coruche é a zona do país que mais se dedica a esse material amigo do ambiente e que mais emprego dá nesse sector, destacando-se em relação a outras regiões do país ao nível da sustentabilidade ambiental. Vieira da Silva aproveitou ainda para destacar a importância do sector da cortiça para a economia do país e lembrou que este produto extraído do sobreiro pode ser aplicado em várias áreas.

“Este é um sector que tem um enorme significado para a economia do país e, além de ser um produto fortemente tradicional é também um produto ou uma fileira muito aberta à inovação”, referiu o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Já o presidente da Câmara de Coruche, Francisco Oliveira, frisou a evolução da FICOR para o concelho e admitiu que o município tem tido a preocupação de inovar ao longo de cada edição. “Aquilo que tentamos é que a cada ano que passa sejam trazidas novas componentes, quer relacionadas com a investigação e com os problemas dos produtores florestais quer com a componente da indústria”, referiu o autarca. Realçou ainda o sucesso do espaço Wine & Cork, que casa o vinho com a cortiça, e a inovação que é dada a toda a logística na produção deste certame.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1429
    13-11-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1429
    13-11-2019
    Capa Médio Tejo