Economia | 09-06-2019 15:00

Ourém vai ter ninho de empresas

Primeira startup do concelho de Ourém é inaugurada a 20 de Junho. Município destaca importância da parceria com a Nersant.

A primeira ‘start-up’ do concelho de Ourém vai ser inaugurada no dia 20 de Junho, feriado municipal, e já existem quatro empresas que se vão instalar no primeiro andar do edifício que foi sede do Centro de Recuperação Infantil Ouriense, na cidade de Ourém. Este ninho de empresas foi criada no âmbito de um protocolo entre o município e a Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém. O presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque (PSD/CDS), disse a O MIRANTE que o concelho sempre teve um grande cariz empresarial e esta startup vai ser muito importante para o seu desenvolvimento económico.

“Esta é uma área que não está devidamente explorada. Sentimos que existem jovens com ideias de negócios mas ainda não têm condições para ter um espaço físico. Por isso este espaço vai ser importante para esses empresários, para que continuem no seu concelho em vez de irem para fora”, referiu. O autarca destacou também a importância da parceria com a Nersant, que dispõe de larga experiência nesta área e pode ajudar a implementar a incubadora de empresas. O espaço onde vai funcionar a startup tem capacidade para cerca de 30 empresas.

O protocolo entre a câmara municipal e a Nersant prevê que as duas entidades estabeleçam uma parceria que, entre outros aspectos, visa a atracção e instalação de novos projectos empresariais no concelho através da criação e dinamização da startup Ourém. Este ninho de empresas tem como funções dinamizar o empreendedorismo através do apoio a empreendedores que queiram criar a sua empresa e do desenvolvimento de iniciativas nas escolas do concelho para promover uma cultura empreendedora.

Prestar aconselhamento e apoio técnico aos empreendedores e empresas do concelho e disponibilizar espaço para a instalação de empresas recém-constituídas ou em fase de desenvolvimento são outras das funções desta incubadora que inclui, também, o desenvolvimento de acções para atracção de novos investidores e a criação de um canal para facilitar processos de licenciamento de cariz empresarial.

No âmbito do acordo, a Câmara de Ourém, além de ceder o espaço, encaminha para a Nersant os novos projectos empresariais que pretendam fazer uma primeira instalação, bem como aqueles que pretendam expandir a sua actividade. A Nersant vai disponibilizar as suas equipas técnicas para apoiar todos os empreendedores do concelho que o solicitem. Apoiar tecnicamente o desenvolvimento de novas ideias de negócio, acções de informação, estruturar eventuais candidaturas a fundos comunitários e formação são outras das missões da associação empresarial.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1429
    13-11-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1429
    13-11-2019
    Capa Médio Tejo