Entrevista | 12-12-2019 18:00

Vida de Pardal Henriques virou-se do avesso

Vida de Pardal Henriques virou-se do avesso

Advogado e dirigente do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas tem agora uma vida menos mediática.

Da luta dos motoristas à candidatura a deputado, a vida de Pedro Pardal Henriques virou-se do avesso. Nascido em Alpiarça há 41 anos, o advogado passou de um desconhecido para figura mediática mais noticiada que o próprio primeiro-ministro, aquando da segunda greve de motoristas, como dirigente e porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas.

Em entrevista a O MIRANTE, que pode ler na edição semanal em papel desta quinta-feira, diz que durante as greves a mensagem se centrou no mensageiro e não na causa que levou os motoristas a saírem para a rua, e que a luta foi inglória porque o Governo se pôs do lado dos aliados económicos.  

Nesta conversa, Pardal Henriques fala sobre o pai, que foi motorista e nunca parou de conduzir mesmo quando lutava contra um cancro, sobre a sua vida actual e faz o rescaldo de uma greve que foi como uma guerra.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1474
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1474
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo