Entrevista | 18-03-2020 10:00

Gustavo Ferreira 

Gustavo Ferreira 

Empregado de mesa no Restaurante Bom Garfo - 19 anos, Abrantes

Custa-lhe levantar-se de manhã para ir trabalhar?

Para me levantar de manhã preciso sempre de música bem alta e de abrir a janela e ver os raios de sol a entrar pelo quarto. No Inverno é uma tarefa complicada.

Era capaz de viver sem música?

É impossível viver sem música. Quem vive com música no dia-a-dia é uma pessoa mais produtiva. Gosto de todos os estilos de música, desde jazz, hip-hop, bum bap, tecno! Todos mesmo.

Gosta mais de liderar ou ser liderado? Porquê?

Gosto mais de liderar, mas se alguém tiver melhor preparação que eu, prefiro ser liderado.

Existe algum animal que gostasse de ter e não pode?

Gostava de ter a oportunidade de ter vários animais de estimação, mas algo mais alternativo como uma cabra anã, um porco anão ou até mesmo um macaco.

O que lhe dá mais gozo fazer na vida?

O que me dá mais gozo é sentir-me orgulhoso e satisfeito com o que faço, com quem estou e como estou.

Quantos verdadeiros amigos acha que tem?

Amigos verdadeiros são a família que escolhemos com o coração. Tenho os melhores amigos que alguma vez podia pedir.

Ir comprar roupa ou calçado dá-lhe prazer?

Comprar roupa e calçado é das melhores maneiras de espairecer. Dá-me gosto ter uma boa apresentação.

A beleza é fundamental?

A beleza, infelizmente, é fundamental nos dias de hoje. O que se torna um problema. O que para uns é bonito para outros é feio. Por vezes há distinção por causa desse mesmo problema.

Alguma vez deu sangue?

Nunca dei sangue, nem sei se posso dar, mas espero um dia poder ter essa oportunidade.

Se vir alguém deitar lixo para o chão diz-lhe alguma coisa?

Tento sempre convencer a pessoa a guardar, para mais tarde colocar no caixote do lixo.

Qual a tradição que nunca podemos deixar morrer?

Tradições que nunca podem morrer são o Natal e a Páscoa. Pelo menos para mim são essas uma vez que implicam juntar a família e recordar o passado.

Quais as qualidades que mais aprecia numa pessoa?

Humildade, respeito, saber estar e educação são as bases que qualquer pessoa devia ter.

Qual é o seu maior defeito?

O meu maior defeito é ser teimoso e indeciso.

Qual é a sua maior qualidade?

A minha maior qualidade talvez seja a educação perante pessoas desconhecidas e a delicadeza.

Gosta de comemorar o seu aniversário?

Comemoro sempre o meu aniversário como se fosse o último. Sempre com tempo para a família e para os amigos.

Qual o alimento que não comia nem que lhe pagassem?

Não como bacalhau, definitivamente. Não como, nem que me paguem. Não gosto mesmo.

A que petisco não resiste?

É impossível resistir a uma boa churrascada com a família ou amigos.

Ainda há dinheiro para comer fora?

Almoçar, lanchar ou até jantar fora, seja sozinho ou acompanhado, é uma boa maneira de relaxar. E, claro, sempre acompanhado de um bom vinho.

Sabe cozinhar? Qual é a sua especialidade?

Cozinhar é arte, deixar queimar faz parte. Prefiro fazer os meus próprios pratos em casa e com tempo! Bifinhos de frango recheados com arroz de cogumelos silvestres e legumes salteados é uma das minhas especialidades.

Era capaz de se tornar vegetariano?

Era incapaz de me tornar vegetariano porque adoro todo o tipo de carne. E será que, se todos fôssemos vegetarianos, passaria a haver mais animais que plantas?

Sonho a realizar ou realizado?

Sonhos há muitos e há que lutar por cada um deles todos os dias. Uns já estão realizados, outros estão por realizar.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1449
    04-03-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1449
    04-03-2020
    Capa Vale Tejo