Nacional | 04-12-2022 12:00

Mensagens SMS são cada vez menos utilizadas pelos portugueses

telemovel telefone burla

Nos últimos anos passaram de 27 milhões para apenas 10 milhões e já são comunicação de museu

Lançado em 1995 em Portugal, o serviço de mensagens escritas atingiu o pico em 2012, com mais de 27 milhões de SMS enviadas, e tem vindo a diminuir, até às 10 milhões em 2021, segundo dados da ANACOM.

O primeiro SMS (Short Message Service) no mundo foi enviado há 30 anos, em 03 de Dezembro de 1992 pelo britânico Neil Papworth, engenheiro de telecomunicações da Sema Group Telecoms, no Reino Unido. A mensagem, um desejo de “Feliz Natal”, foi enviada a partir do computador de Neil Papworth para o telemóvel Orbitel 901 de Richard Jarvis, da Vodafone.

O momento histórico atingiu um novo patamar em Dezembro de 2021, quando o primeiro SMS, de 15 caracteres, foi leiloado como um NFT (‘Non Fungible Tokens’ ou 'Token' Não Fungível) por 107 mil euros, durante um evento organizado pela casa Aguttes em França.

Em Portugal, o serviço de mensagens foi lançado em Outubro de 1995, quando estavam no mercado das operadoras móveis a TMN (actual MEO) e Telecel (actual Vodafone), segundo dados enviados à agência Lusa pela Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM).

O crescimento dos SMS teve um dos pontos de viragem em Fevereiro de 2000, quando foi firmado um acordo entre as três operadoras existentes (depois do surgimento da Optimus em 1998, actual NOS) para permitir aos utilizadores a comunicação entre as diferentes redes, refere a reguladora.

Os primeiros dados disponíveis na ANACOM são precisamente de 2000, ano em que o número de SMS totalizou 550 milhões, ou seja, cerca de sete SMS por utilizador activo por mês. O pico de tráfego de SMS foi atingido em 2012, período em que cada utilizador efectivo enviava 180 mensagens por mês, num total de 27.860.126 mensagens.

Ainda segundo os dados da ANACOM, este número tem vindo a diminuir. Em 2021, foram 68 as SMS enviadas por utilizador efectivo por mês (-62% comparado com 2012), num total de 10.729.392.

Outro momento de viragem para os SMS em Portugal é a introdução dos serviços pré-pagos, que permitiu uma massificação do serviço móvel, contou à Lusa Teresa Salema, presidente da Fundação Portuguesa das Comunicações.

Actualmente existem formas alternativas de envio de mensagens mais populares, as ‘instant messaging’, como por exemplo através das aplicações Whatsapp ou Messenger, disponíveis para os ‘smartphones’ e que juntam o texto à possibilidade de mandar imagens, sons, documentos ou os populares GIFs.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo