Nacional | 20-01-2023 18:00

Foram feitos oitocentos e catorze transplantes de órgãos durante o ano passado

cirurgia operacao
foto dr

Ministro da Saúde lembra que Portugal é um dos países que, em relação à população, mais transplanta no mundo

Portugal transplantou 814 órgãos em 2022 e atingiu um novo recorde ao realizar 76 transplantes de pulmão, revelou hoje o ministro da Saúde, Manuel Pizarro.

“Em 2022 foram transplantados 814 órgãos em Portugal [dos quais] 476 são transplantes de rim. É normal que assim seja, mas nós atingimos um recorde no transplante pulmonar. Fizemos 76 transplantes de pulmão, em Portugal, e esse é mesmo o maior número de sempre nesta área específica”, afirmou hoje o ministro, à margem das Jornadas Nacionais de Doação de Órgãos, que estão a decorrer em Coimbra.

Na sequência dos dois anos de pandemia provocada pela covid-19 - 2020 e 2021 -, em que os hospitais estavam “de tal forma pressionados” que esta actividade se reduziu um pouco, o ano de 2022 foi “um ano bom para a transplantação de órgãos em Portugal”.

“Somos um dos países que, em relação à população, mais transplanta no mundo”, lembrou o governante.

Manuel Pizarro referiu que tem a expectativa de que, nos próximos anos, seja possível, “aumentar o número de transplantes”, embora reconheça que é necessário tornar o tema da transplantação “mais visível”.

Manuel Pizarro, na sua intervenção em Coimbra, aproveitou para agradecer a todas as instituições e profissionais que no seu dia-a-dia constroem este “caso de sucesso que é a transplantação em Portugal”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo