O MIRANTE TV | 18-08-2019

Quando em Coruche se dava arroz doce e o peixe do rio enchia barrigas

Cortejo histórico foi um dos pontos altos das Festas de Nossa Senhora do Castelo em Coruche.

O arroz doce e os bolos de mel e pinhão que eram oferecidos aos convidados no dia do casamento, o achigã, a sardinha e a cavala que eram comprados para se fritar ou assar ou a marmelada que era mexida durante horas com uma colher de pau. Foram algumas das memórias recordadas no cortejo histórico e etnográfico nas Festas em honra de Nossa Senhora do Coruche que decorreu no sábado, 17 de Agosto, em Coruche.

Este ano, sob o tema “Da Terra à Mesa”, o desfile foi mais um momento muito apreciado pelos visitantes, cheio de cor e movimento, que contou com o indispensável empenho de colectividades e de muitos voluntários.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1419
    05-09-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1419
    05-09-2019
    Capa Médio Tejo