O MIRANTE TV | 01-11-2019

Médica com a segunda melhor nota na especialidade prefere ficar em Torres Novas

Rachele Escoli fez a formação prática (internato) da especialidade de Nefrologia no Centro Hospitalar do Médio Tejo e obteve 19,80 de nota no exame final.

O Centro Hospitalar do Médio Tejo tem uma nova especialista em nefrologia, que obteve a segunda melhor nota no país no exame da especialidade, após ter feito o internato no Hospital de Torres Novas. Podia ter escolhido ir para um grande hospital, mas preferiu ficar no Médio Tejo porque conseguia conciliar a sua carreira com a sua vida familiar.

Na altura namorava com um médico, com quem veio a casar entretanto, que queria ir para Oftalmologia. E teve a sorte de haver vagas para os dois internatos em Torres Novas e em Tomar. A médica de 32 anos está satisfeita com a escolha e até acha que num hospital de média dimensão há mais oportunidades.

A trabalhar já como especialista, a médica vê como um desafio trabalhar numa região em que a maior parte da população que recorre aos serviços de saúde é idosa.

Há seis anos a viver em Tomar e a trabalhar em Torres Novas, a especialista já não sente necessidade de viver numa grande cidade, como Coimbra, onde fez o curso.

Não está nos horizontes da nova especialista em nefrologia, que trata das doenças relacionadas com os rins e aparelho urinário, sair do centro hospitalar e da região e já faz planos para ser mãe e criar o seu filho numa zona que considera ter qualidade de vida.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1429
    13-11-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1429
    13-11-2019
    Capa Médio Tejo