O MIRANTE TV | 21-01-2021

Colégio Andrade Corvo reforça escola de polícias em Torres Novas

Município de Torres Novas e PSP assinaram protocolo de colaboração para cedência das instalações do Colégio Andrade Corvo como complemento à oferta para a formação de polícias na cidade.

Decorreu esta quinta-feira, 21 de Janeiro, a cerimónia de assinatura do protocolo de colaboração entre o município de Torres Novas e a Polícia de Segurança Pública (PSP), com vista à cedência de instalações do Colégio Andrade Corvo para complementar a oferta para a formação de polícias da PSP na cidade.

Com a formação de quatro mil polícias em vista ainda para este ano, houve necessidade de aumentar a capacidade da Escola Prática de Polícias, a "casa-mãe", no Largo das Forças Armadas. O contrato prevê a cedência do espaço por 15 anos, com possibilidade de renovação.

Augusto Magina da Silva, director nacional da PSP, referiu que o colégio tem instalações espartanas e é o edifício ideal para consolidar a presença da PSP na cidade de Torres Novas, permitindo retirar pressão e densidade de formandos das instalações da Escola Prática.

Luís Silva, vice-presidente do município, substituiu o presidente Pedro Ferreira, impossibilitado de comparecer presencialmente na cerimónia por estar a cumprir isolamento profilático. No discurso, preparado pelo presidente, e lido pelo vice é realçada a ligação de perto de quatro décadas entre Torres Novas e a PSP.

O Colégio Andrade Corvo é propriedade da Diocese de Santarém que mantém com o município um contrato de arrendamento não habitacional. O edifício irá sofrer obras cujos custos serão divididos entre o município e a PSP.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1496
    10-02-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1496
    10-02-2021
    Capa Vale Tejo