O MIRANTE TV | 19-02-2021

Asfertglobal conseguiu aumentar a produção e as exportações

Galardão Empresa Mais Exportadora - Asfertglobal

Foram aplicados dois milhões de euros na aquisição de novos bio-reactores e na instalação de mais dois laboratórios. A empresa vai ter três doutorados da Faculdade de Ciências de Lisboa, a tempo inteiro, para desenvolver novos produtos.

Num ano difícil por causa da pandemia a Asfertglobal conseguiu aumentar o volume de negócios e abrir uma nova filial na América Latina. Sediada em Santarém, desde 2012, a Asfertglobal tem agora filiais em Espanha, África do Sul e México. A empresa trabalha no ramo da produção de bio-fertilizantes e bioestimulantes à base de microorganismos para a agricultura. Inicialmente no mercado nacional e actualmente com maior incidência no mercado internacional.

Em 2020 a empresa exportou 58% da sua produção para Estados Unidos da América, Chile, Peru, Espanha, França, Itália, Turquia, Bulgária, Suíça, Marrocos, Rússia e África do Sul. Para o administrador, Joel Jerónimo, as perspectivas de alargamento dos mercados são boas e por isso foram investidos cerca de dois milhões de euros, no ano passado, para aumentar a capacidade produtiva.

A verba foi aplicada na aquisição de novos bio-reactores equipados com tecnologia de ponta e na instalação de mais dois laboratórios. A empresa também vai receber três doutorados da Faculdade de Ciências de Lisboa que vão trabalhar a tempo inteiro em novos produtos.

“Felizmente, estamos em contra-ciclo em relação à economia nacional. A agricultura é uma área mais constante. Mesmo nos tempos de guerra havia sempre trabalho nesta área. Temos tido visão de investimento, não ficamos receosos com a pandemia e continuamos a dar o nosso melhor todos os dias. Conseguimos desenvolver e fabricar produtos com uma boa acção em termos agronómicos e sem resíduos. Preocupamo-nos em produzir produtos diferenciados e com eficácia”, diz Joel Jerónimo.

Licenciado em Engenharia de Produção Agrícola, o empresário, de 47 anos, sempre foi fascinado pela área da agricultura. Desde cedo percebeu que existia necessidade, por parte dos agricultores, de produzir mais, com qualidade, e respeitando o ambiente e empenhou-se na concretização desse objectivo.

“Sempre quis produzir sem resíduos, trabalhando na sustentabilidade ambiental e é nessa área que temos apostado”, realça. A equipa, com cerca de três dezenas de funcionários espalhados pelas quatro filiais, teve que ser aumentada em 2020.

Em Portugal, a localização da empresa junto ao nó de acesso à auto-estrada do norte (A1), é essencial para fazer chegar as encomendas rapidamente aos clientes. A Asfertglobal consegue entregar qualquer produto em território português em 24 horas e no espaço de 48 a 72 horas colocar produtos em Espanha.

“Somos uma empresa desafiadora. O ano passado não foi fácil, mas conseguimos aumentar a facturação e cumprir os objectivos. O nosso permanente desejo, a par de uma produção com sustentabilidade ambiental, é crescer. Queremos ter sempre um aumento significativo das vendas e temo-lo conseguido”, refere o administrador.

Joel Jerónimo considera que a atribuição do Galardão de Empresa Mais Exportadora, por O MIRANTE, significa bastante para a Asfertglobal uma vez que está inserida numa região produtora agrícola de excelência. “Sermos distinguidos pelo nosso trabalho é sempre motivo de orgulho”, conclui.

A Águas de Santarém patrocina o prémio Empresa Mais Exportadora

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1496
    10-02-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1496
    10-02-2021
    Capa Vale Tejo