O MIRANTE TV | 15-07-2021

Tribunal proíbe Jorge Dias de votar e ser candidato do Chega por invadir reunião de câmara

O ex-empresário Jorge Ferreira Dias foi esta quinta-feira, 15 de Julho, condenado pelo Tribunal de Santarém a um ano e seis meses de prisão com pena suspensa por dois anos por ter invadido a reunião da Câmara de Abrantes de 22 de Dezembro e por agressões a uma funcionária e ao vereador João Gomes.

O ex-empresário Jorge Ferreira Dias foi esta quinta-feira, 15 de Julho, condenado pelo Tribunal de Santarém a um ano e seis meses de prisão com pena suspensa por dois anos por ter invadido a reunião da Câmara de Abrantes de 22 de Dezembro e por agressões a uma funcionária e ao vereador João Gomes. O juiz relevou o facto de Jorge Dias, que tem um conflito com a autarquia por causa de um negócio imobiliário, ter desrespeitado os eleitores do concelho ao invadir a reunião de um órgão constitucional, pelo que lhe aplicou a pena de não poder votar nem ser eleito nas autárquicas durante dois anos.

Após o acórdão, Jorge Dias criticou a justiça revelando que já não pode ser candidato à Câmara de Abrantes pelo Chega.

Mais Notícias

    A carregar...