O MIRANTE TV | 24-11-2021

Empresários são o rosto da resistência à pandemia

Empresas do Ano foram distinguidas por O MIRANTE na tarde de quinta-feira, 24 de Novembro, no convento de São Francisco em Santarém. Houve recados ao Governo e elogios aos colaboradores. Empenho e dedicação constante são a chave do sucesso.

Não houve pandemia que vergasse os empresários e agora como nunca o seu empreendedorismo foi posto à prova. Na gala de entrega dos galardões Empresa do Ano de O MIRANTE, que decorreu no convento de São Francisco em Santarém na tarde de quarta-feira, 24 de Novembro, os empresários destacaram a importância de ter colaboradores motivados e empenhados numa altura particularmente desafiante como a da pandemia. E houve muitos recados ao governo, sobretudo no que toca à falta de apoios.

“Os poderes políticos não olham para os pequenos empresários que ainda são os responsáveis por criar a maior parte da riqueza deste país. É uma grande lacuna. O poder político divide para reinar”, criticou António Magalhães, prémio Carreira Empresarial, aludindo às grandes associações empresariais que absorvem todo o poder e capacidade de influência. O líder da Teletejo lembrou “a estrada de pedras” que foi a crise económica de 2008 e 2010 e que conseguiu atravessar por cima.

Já o jovem empresário do ano, Luís Vilela, elogiou a iniciativa de O MIRANTE considerando que os jovens têm muito para dar e precisam de ser apoiados e ouvidos. “Foi um ano cheio de dificuldades para todos e por isso foi muito importante que todas as empresas tenham conseguido unir-se em torno do bem comum. A geração mais nova tem muito para dar e há jovens com bastantes ideias e sede de fazer”, defendeu.

Também os líderes do Instituto Superior de Gestão e Administração (ISLA), vencedora do galardão PME do Ano, lembraram a necessidade de haver uma “pedrada no charco” que desperte a classe governativa para os problemas do sector. “Receber este prémio deixa-nos com um trabalho acrescido de continuar a lutar por um ensino de excelência na região, mesmo com o constante esquecimento público no que toca às bolsas de ensino, que mais parece remontar ao século XVIII”, criticou Domingos Martinho.

O gestor lembrou o papel fundamental do ISLA de Santarém na preparação e ensino dos jovens da região que, defendeu, deviam ter um tratamento igual por parte da tutela no que toca ao ensino público. “Quem pensa que as bolsas de estudo deviam ser privadas ou públicas que meta a mão na consciência”, criticou.

Colaboradores são o coração das empresas

As mulheres foram também protagonistas da cerimónia, com Isabel Leão da Era Santarém a receber o prémio empresária do ano. “É um prémio importante para as mulheres, que infelizmente ainda estão um pouco à margem destes prémios”, notou. Também Anabela Tereso, da Quinta da Atela, recebeu o prémio prestígio. Agradeceu à família, marido e todos os colaboradores. “Estamos muito orgulhosos do trabalho que temos feito mas ainda há muito mais pela frente”, afirmou.

A maioria dos empresários destacou a importância de voltar a encontrar-se pessoalmente depois de uma pandemia que colocou os negócios à prova e elogiou a capacidade, empenho e dedicação dos colaboradores. Alexandre Solis, da OGMA Indústria Aeronáutica de Portugal recebeu o prémio excelência atribuído por O MIRANTE. O líder da empresa de Alverca notou a “grande honra” de receber um prémio “tão ilustre” atribuído pelo jornal. “Todos os colaboradores da OGMA merecem ser reconhecidos pelo trabalho que exercem todos os dias num sector tão exigente como a aviação”, destacou.

De igual modo Adélia Madaleno, das carnes Nobre, defendeu o papel “muito importante” dos colaboradores nos últimos dois anos que, disse, “foram muito difíceis” para os empresários. “O compromisso, empenho e profissionalismo de todos os colaboradores da Nobre foi fundamental”, notou.

Já Eva Cadima, microempresa do ano, lembrou o “forte orgulho” de ser de Santarém e agradeceu o prémio à família e amigos. Joana Lisboa, da Asfert Global, que recebeu o galardão de empresa mais exportadora, destacou o “grande dinamismo comercial” de toda a região e todos os empresários. “Estamos numa região que tem tido sempre um elevado crescimento”, afirmou.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1536
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1536
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo