uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Luís Correia campeão nacional

Piloto de Santarém revalidou título de motocross de 125cc conseguido em 2003

Luís Correia revalidou no domingo o título de Campeão Nacional de Motocross na classe de 125 cc, que já conseguira em 2003. O jovem piloto da Moçarria (Santarém) sagrou-se também vice-campeão nacional absoluto, numa época em que só não venceu uma corrida de 125cc.

Edição de 05.05.2004 | Desporto
Uma vitória concludente em Cortelha, no Algarve, permitiu ao ribatejano Luís Correia vencer, pelo segundo ano consecutivo, o campeonato nacional de motocross, na classe de 125 centímetros cúbicos (cc).O piloto da Moçarria (Santarém), que corre pela equipa KTM Mxt Valvoline, liderou o campeonato desde a primeira prova e das cinco corridas disputadas até ao momento apenas não venceu em Soure, uma prova onde esteve bastante azarado mas, mesmo assim, terminou na segunda posição, atrás de Ricardo Pazos (Suzuki).Correia realizou mais uma cavalgada solitária e completou 18 voltas à pista algarvia com 19 segundos de vantagem sobre Henrique Venda (Kawasaki), 22 sobre Paulo Felícia (Gas-Gas) e 41 sobre Ricardo Pazos. Assim, a uma prova do final do campeonato, o piloto ribatejano soma 231 pontos e é já virtual campeão nacional. O segundo, Henrique Venda, está a 59 pontos (172) e Ricardo Pazos, terceiro, tem 68 pontos de desvantagem (163).A boa prestação do jovem da Moçarria em Cortelha estendeu-se à classe absoluta, em que perdeu por apenas 3,6 segundos para Hugo Santos, que se sagrou duplo campeão nacional nas classes Absoluto e 250 cc.Hugo Santos instalou-se no comando logo no arranque. A vantagem para os perseguidores imediatos nunca foi particularmente dilatada, mas o piloto de Chaves geriu bem a situação para cruzar a linha de meta com menos de 4 segundos de vantagem sobre Luís Correia. Este só na segunda parte da corrida conseguiu afastar-se de Sandro Marcos, encerrando um interessante duelo.Após esta jornada, Hugo Santos tem 13 pontos de vantagem sobre Luís Correia, mas como os pilotos desprezam a pior classificação da época para a contabilidade do campeonato, Correia só pode reter um máximo de 7 pontos aproveitáveis na derradeira jornada, dia 23 de Maio em Carrazeda de Ansiães. Por conseguinte, Hugo Santos é já virtual campeão absoluto, ficando Correia com o segundo lugar do pódio.Na classe de 250 cc, a jornada algarvia, participada por 69 pilotos seniores e 22 infantis, nem começou da melhor forma para Hugo Santos, pois comandava destacado a corrida da classe 250cc quando, a meia dúzia de voltas para o final, começaram a partir-se os raios da roda dianteira da sua moto, obrigando o piloto a reduzir drasticamente o ritmo para chegar ao fim, o que fez no terceiro lugar, enquanto Sandro Marcos continha “in extremis” o ataque final de Márcio Rocha, para vencer com apenas seis décimos de vantagem sobre o opositor. Nesta prova, referência também para o abandono de Paulo Gonçalves, lesionado na sequência de queda.Hugo Santos soma assim 239 pontos, contra os 128 de Márcio Rocha e os 107 de Paulo Gonçalves.

Mais Notícias

    A carregar...