uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
PSP de Santarém leiloou objectos perdidos

PSP de Santarém leiloou objectos perdidos

Bicicletas, telemóveis, bengalas e peças de ouro e até malas de viagem repletas de roupa foram alguns dos artigos leiloados
Edição de 18.12.2013 | Sociedade
Dezenas de pessoas passaram pelos armazéns da PSP de Santarém para participarem no leilão de objectos perdidos que teve lugar na tarde de quinta-feira, 12 de Dezembro. Bicicletas, telemóveis, bengalas e peças de ouro e até malas de viagem repletas de roupa foram alguns dos artigos que os participantes puderam encontrar entre os mais de 300 objectos disponíveis. As licitações variavam de acordo com o valor de cada produto e os mais resistentes tiveram até oportunidade de fazer compras por valores bastante apelativos.No Comando Distrital de Polícia de Santarém o leilão já não se fazia desde 2006, explicou o sub-comissário da PSP, Fernando Moreira, que pela primeira vez desempenhou também o papel de leiloeiro, missão que encarou como mais um desafio.“A condição é que o objecto esteja um ano sem que os proprietários não reclamem junto das autoridades. Não reclamando os objectos, estes são considerados perdidos e vendidos em hasta pública”, disse a O MIRANTE o sub-comissário da PSP, Fernando Moreira. “O dinheiro reverte para os serviços sociais da PSP”, completou.Maria Emília participou pela primeira vez num leilão da PSP, mais por curiosidade, e fez-se acompanhar pelo marido. O casal foi um dos mais entusiastas durante o leilão e levou muitas compras para casa.“O que me faz impressão é haver coisas boas que as pessoas perdem. Há objectos que têm até etiquetas e que faz confusão saber que as pessoas em altura de crise os perdem”, afirmou, surpreendida, Maria Emília, pelos objectos disponíveis para leilão.
PSP de Santarém leiloou objectos perdidos

Mais Notícias

    A carregar...