Sociedade | 07-11-2018

No dia da preguiça não há quem admita ser preguiçoso

No Dia Internacional da Preguiça encontrámos mais trabalhadores convictos do que preguiçosos assumidos.

Ninguém admite ser preguiçoso, mas descansar é tão importante para o nosso bem-estar como trabalhar. Não fazer nada pode ser uma arte e O MIRANTE andou pelas ruas de Rio Maior à procura de artistas do “dolce far niente”. No Dia Internacional da Preguiça encontrámos mais trabalhadores convictos do que preguiçosos assumidos. Mas também há alguns preguiçosos...

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo