Sociedade | 26-12-2018 12:30

Minuto de silêncio e voto de pesar em Benavente pela morte de empresário

Minuto de silêncio e voto de pesar em Benavente pela morte de empresário

O executivo da Câmara de Benavente aprovou por unanimidade um voto de pesar pela morte do empresário Mário Januário.

O executivo da Câmara de Benavente aprovou por unanimidade, na sua reunião privada de 26 de Dezembro, um voto de pesar pela morte do empresário Mário Januário, de Santo Estêvão, pessoa conhecida na comunidade e cuja morte, na noite de 22 de Dezembro, deixou em choque a localidade. Os eleitos do município realizaram também um minuto de silêncio.

Mário Januário, de 49 anos, estava ligado à Táxis Almansor e morreu num despiste de mota pelas 22h00 na zona da herdade do ganadeiro José Dias, na Estrada Nacional 118-1, em Benavente. Os bombeiros de Benavente ainda tentaram reanimar o empresário mas sem sucesso. As causas do acidente estão a ser investigadas pelo Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação da Guarda Nacional Republicana. Deixa três filhas menores e ao seu funeral compareceram mais de uma centena de pessoas, incluindo o presidente do município, Carlos Coutinho e diversos vereadores. Mário Januário foi tesoureiro da Junta de Freguesia de Santo Estêvão, eleito pelo PSD e esteve também ligado ao associativismo, tendo sido dirigente no Clube de Futebol Estevense e da Sociedade Filarmónica de Santo Estêvão. As motas eram a sua grande paixão, sendo sócio de vários motoclubes e já tinha promovido também encontros de amantes das duas rodas no concelho onde residia.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1416
    14-08-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1416
    14-08-2019
    Capa Vale Tejo