Sociedade | 09-01-2019 15:00

Viver o Tejo com 41 novas empresas aderentes em 2018

Projecto da NERSANT visa a valorização do potencial turístico da região.

Diversas dezenas de empresas do sector do turismo aderiram em 2018 ao Viver o Tejo, projceto da NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém que assenta na valorização do Tejo como agente precursor da estratégia de desenvolvimento económico do Ribatejo. No total, integraram o projecto 41 novas empresas em 2018.

A especificidade do sector do turismo e a necessidade de afirmação do Ribatejo enquanto destino turístico levou a NERSANT a criar a marca Viver o Tejo, que há largos anos tem vindo a integrar a oferta turística da região ribatejana, promovendo a dinamização das diferentes economias locais e da economia regional como um todo, tendo o rio Tejo como agente precursor.

A marca foi projectada num portal – www.viverotejo.pt – e tem aglutinado, de forma inteiramente gratuita, as empresas do sector do turismo da região do Ribatejo que se querem juntar ao projecto. No total, são já 223 as empresas do sector do turismo e hotelaria representadas neste portal, que possibilita às empresas aderentes um espaço de apresentação da empresa, seus produtos e serviços, integrando as mesmas as ofertas turísticas e rotas criadas pela marca, tudo com possibilidade de reserva online.

No ano de 2018, o Viver o Tejo contou com a adesão de 20 restaurantes, 15 alojamentos e 6 empresas dedicadas às actividades de lazer. Das 41 novas empresas, a sua maioria é oriunda do concelho de Torres Novas (10), seguindo-se Rio Maior (7), Ourém (6), Abrantes (5), Golegã (4) e Tomar (4), Santarém (3) e, por fim, Almeirim (1) e Vila de Rei (1).

Para além da representação no portal, a adesão ao projecto Viver o Tejo tem ainda outras vantagens, tais como o envio regular de informação pertinente através de newsletters, a divulgação da marca, rotas e ofertas das suas empresas aderentes na Revista Ribatejo Invest e ainda a realização de sessões informativas.

De referir que o projecto Viver o Tejo tem como objectivos a identificação e qualificação da oferta turística da região, promovendo ofertas integradas, o desenvolvimento sustentável e a preservação dos elementos históricos e culturais da região. Pretende ainda aumentar, consequentemente, a competitividade de todo o território.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1408
    19-06-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1408
    19-06-2019
    Capa Médio Tejo