Sociedade | 01-02-2019 12:30

Autarcas não fazem o que exigem aos munícipes e mantêm colónia balnear ao abandono

Autarcas não fazem o que exigem aos munícipes e mantêm colónia balnear ao abandono

Câmaras do distrito de Santarém nem sequer cumprem ordem da Câmara da Nazaré para entaipar edifício

Os autarcas do distrito de Santarém devem ter sentido vergonha quando visitaram na semana passada a colónia balnear da Nazaré, que está num estado degradante e de abandono. Os autarcas reunidos na Associação de Municípios do Vale do Tejo, dona do equipamento, nem sequer dão o exemplo que exigem aos seus munícipes para evitarem ter imóveis a cair nos seus concelhos.

A Câmara da Nazaré já notificou a associação por várias vezes, segundo confirma o presidente Walter Chicharro a
O MIRANTE, para que o espaço seja entaipado, mas a ordem não foi cumprida e o espaço tem-se tornado, conforme salienta o autarca, um albergue de toxicodependentes. Não admira por isso que o presidente da Nazaré se sinta, mais que aborrecido, “desconsiderado” pelos seus pares.

Notícia completa na edição de O MIRANTE já nas bancas

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1416
    14-08-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1416
    14-08-2019
    Capa Vale Tejo