Sociedade | 09-02-2019 18:00

Junta de Muge em apuros porque tinha coveiro com contrato ilegal e sem seguro

Junta de Muge em apuros porque tinha coveiro com contrato ilegal e sem seguro

Condenada a pagar indemnização e pensão vitalícia devido a acidente de trabalho no anterior mandato.

A Junta de Freguesia de Muge foi condenada a pagar uma indemnização e uma pensão anual vitalícia ao coveiro, que tinha um contrato ilegal e não tinha seguro de acidentes de trabalho, porque a autarquia o deixou de pagar. A situação passou-se no mandato passado e a condenação já neste mandato está a criar dificuldades ao novo executivo, já que estão em causa valores que a autarquia tem dificuldade em pagar por estar a braços com uma grave situação financeira.

Notícia completa na edição de O MIRANTE já nas bancas

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1417
    21-08-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1417
    21-08-2019
    Capa Médio Tejo