Sociedade | 16-04-2019 07:00

Nem o brasão escapou

Nem o brasão escapou
CARTOON DA NOTICIA

A antiga Real Fábrica de Atanados de Povos, em Vila Franca de Xira, está ao abandono há décadas e o edifício tem-se degradado a olhos visto.

A antiga Real Fábrica de Atanados de Povos, em Vila Franca de Xira, está ao abandono há décadas e o edifício tem-se degradado a olhos vistos sem que ninguém pareça lutar pela sua recuperação. Os telhados já ruíram e pouco resta deste monumento classificado de interesse público. Fundada em 1729 por João Mendes de Faria Barbosa, laborou até aos anos 40 do século XX e é considerada como uma das fábricas de curtumes mais antigas. Na última reunião de câmara de Vila Franca de Xira o vereador do Bloco de Esquerda, Carlos Patrão, lamentou o abandono daquele espaço e pediu ao município que tome medidas para o salvaguardar. E confessou-se mesmo chocado por até o brasão real que lá existia, em pedra maciça, ter desaparecido da fachada. “Um destes dias nem as paredes vão restar”, lamentou. Resta saber como é que alguém conseguiu roubar um brasão de pedra com vários metros de altura e largura. Só com muitas horinhas de paciência, um martelo, um escopro e muitas mãos para ajudar a carregar...

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1341
    19-09-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1341
    19-09-2019
    Capa Médio Tejo