Sociedade | 10-08-2019 07:00

Produtores de rações oferecem comida para animais afectados pelos incêndios

Foram entregues um total de seis toneladas de alimentos numa acção em articulação com a Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária.

A Associação Portuguesa dos Industriais de Alimentos Compostos para Animais (IACA) entregou na sexta-feira, 26 de Julho, as primeiras toneladas de alimentos compostos, destinados a animais pertencentes a mais de duas centenas de pequenos produtores afectados pelos incêndios em Vila de Rei, em Mação e na Sertã. Ao todo são 3.000 pequenos ruminantes (ovinos e caprinos) e 100 bovinos que estão em défice nutricional nestas zonas.

Foram entregues um total de seis toneladas de alimentos numa acção em articulação com a Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) e com os responsáveis veterinários dos municípios afectados pelos incêndios. Está também prevista a possibilidade de produção de ração de emergência, uma alimentação animal com características especiais e que visa garantir as necessidades básicas dos animais enquanto a normalidade não é retomada.

A iniciativa IACA Solidária teve início em 2017, envolvendo voluntariamente todos os associados da instituição, para prestar apoio aos produtores pecuários, e seus animais, afectados pelos incêndios que devastaram Portugal em Junho e Outubro desse ano. Foram oferecidas mais de 150 toneladas de alimentos para animais e foi criada uma ração de emergência para garantir a subsistência dos mesmos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Vale Tejo