Sociedade | 13-08-2019 12:30

Dificuldades financeiras travam artistas de participar no II Pictorin

Dificuldades financeiras travam artistas de participar no II Pictorin
CULTURA

Artistas vão voltar as ruas do centro histórico para pintar e esculpir entre os dias 1 e 10 de Setembro.

Ao todo estão já confirmados 13 artistas plásticos oriundos de todo o mundo para rumarem a Santarém e participarem no II Encontro Internacional de Artistas Plásticos, que vai decorrer entre 1 e 10 de Setembro. A adesão é igual à do ano anterior, mas podia ser muito maior, não fossem as dificuldades financeiras que os artistas estão a sentir um pouco por todo o mundo. A comissão organizadora do encontro,que está integrado nas actividades de Verão do In.Santarém, admite que caso consigam adquirir mais patrocinios, vão tentar ajudar financeiramente ao nível das viagens dos artistas. Ainda assim, a organização conseguiu reunir artistas oriundos da Rússia, Dinamarca, Brasil, França, Alemanha e claro, Portugal.

De 1 a 10 de Setembro “Homens e mulheres da Cidade” vão servir de inspiração aos artistas, de onde vai resultar duas exposições em locais distintos, inauguradas no dia 7, uma no W Shopping, às 16h30, e outra no Centro Cultural Regional de Santarém, às 18h00.

Outro dos momentos deste encontro de artistas vai decorrer logo no dia 2 de Setembro, com a inauguração da exposição de Francisco Pereira, às 18h30, no Palácio Landal. “Paisagens” é o nome da exposição que fica patente ao público até 30 de Setembro.

A programação deste evento vai ainda contar com um momento de união entre os artistas e as crianças da região, no dia 5 de Setembro, a partir das 10h00, na Praça Sá da Bandeira. Nesta acção vão participar as crianças da Santa Casa da Misericórdia de Santarém, da Associação Aqui Há Gato e da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental (APPACDM) de Santarém.

“O Último Olhar Sobre o Tejo” é o nome do evento que serve como mote de encerramento do Pictorin. Trata-se de uma actividade que vai ter lugar no Jardim das Portas do Sol, onde ao longo de apenas uma hora, os 13 artistas terão de criar uma escultura ou pintura tendo como mote o que vêem até onde a sua vista alcança. O vencedor terá como prémio uma obra do artista plástico Mário Rodrigues, natural do Sardoal, falecido a 8 de Outubro do ano passado, aos 69 anos, vítima de doença prolongada.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Vale Tejo