Sociedade | 12-01-2020 15:00

Miguel Paulo na corrida à liderança do PS de Rio Maior

Miguel Paulo na corrida à liderança do PS de Rio Maior
foto DR

Ex-vereador diz que o partido precisa de um plano, de uma estratégia, de pessoas e de trabalho.

Miguel Félix Paulo anunciou a sua candidatura à liderança da concelhia de Rio Maior do Partido Socialista para o biénio 2020/2022, à semelhança do que aconteceu há dois anos, quando perdeu para Guilherme Gaboleiro. As eleições estão marcadas para dia 1 de Fevereiro.

O candidato e ex-vereador do PS no município diz que “o PS de Rio Maior precisa de um plano, de uma estratégia, de pessoas e de trabalho, bem como “de se afirmar no concelho como uma força-viva, como uma alternativa séria e capaz de estar à altura dos destinos das suas freguesias, do concelho e daquilo que os riomaiorenses mais anseiam”.

Em discurso crítico face à actual concelhia, Miguel Paulo escreve na apresentação da sua candidatura que “O PS não pode pretender representar os interesses de um concelho, não pode prometer aos eleitores que é capaz de gerir uma câmara ou uma junta se não for capaz de ter a força suficiente para envolver um grande número de pessoas”.

E revela que ao longo dos últimos tempos tem vindo a “contactar cada vez mais pessoas, colhendo delas a base daquela que deve ser a nossa ação em Rio Maior”. Acrescenta que “muitas delas aceitaram ser militantes e começaram já a robustecer o PS de Rio Maior, provando que afinal as pessoas existem e querem participar nesta mudança”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1467
    09-07-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1467
    09-07-2020
    Capa Vale Tejo