Sociedade | 23-02-2020 07:00

Três detidos por violência doméstica na região

Casos ocorreram nos concelhos de Benavente, Ferreira do Zêzere e Rio Maior. Dois dos arguidos ficaram em prisão preventiva.

O Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas da GNR deteve nos últimos dias no distrito de Santarém três homens pela prática do crime de violência doméstica, dois dos quais ficaram em prisão preventiva, informou o Comando Territorial de Santarém.

Na acção, que contou com o reforço dos postos territoriais de Ferreira do Zêzere, Rio Maior e Benavente, a GNR apurou que um dos suspeitos, de 60 anos, “agrediu física e psicologicamente a sua esposa de 60 anos, durante cerca de 42 anos de relacionamento, chegando mesmo a ameaçá-la de morte com recurso a arma de fogo”, explicou a GNR em comunicado.

Um outro suspeito, de 41 anos, agredia física e psicologicamente a mulher e o terceiro agressor, de 47 anos, “exercia violência física e psicológica sobre duas vítimas vulneráreis, a mãe de 86 anos e a irmã de 59 anos, que apresenta um certo grau de deficiência”.

Neste último caso a GNR deu ainda cumprimento a um mandado de busca domiciliária por suspeita de armas na habitação, tendo apreendido quatro caçadeiras, uma carabina, uma arma de ar comprimido, 250 chumbos, 57 cartuchos e um chicote.

Os detidos foram presentes nos dias 11 e 12 de Fevereiro ao Tribunal Judicial de Santarém, que aplicou a medida de coacção de prisão preventiva a dois dos detidos, e a proibição de aproximação da vítima, bem como da sua residência e do seu local de trabalho, ao detido de 41 anos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1449
    04-03-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1449
    04-03-2020
    Capa Vale Tejo