Sociedade | 27-09-2021 21:00

Requalificação do Serviço de Urgências em Abrantes em concurso público

Empreitada tem um custo estimado de 2,9 milhões de euros e deve prolongar-se por ano e meio.

A requalificação e expansão das Urgências Médico-Cirúrgicas no Hospital de Abrantes, do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), vai custar 2,9 milhões de euros e a empreitada “já entrou em concurso público”, segundo a administração.

Até 18 de Outubro é o momento de aguardar pelas candidaturas para depois avançar com a empreitada de requalificação que permitirá redimensionar o espaço da Urgência Médico-Cirúrgica, disse à Lusa o presidente do conselho de administração do CHMT, que agrega as unidades hospitalares de Abrantes, Tomar e Torres Novas.

Casimiro Ramos explicou que, após a adjudicação da empreitada, os trabalhos “deverão prolongar-se por um ano e meio, ou seja, até 2023”, lembrando tratar-se de um investimento que estava projectado há muitos anos e cujo processo foi desenvolvido pelo anterior conselho de administração, presidido por Carlos Andrade Costa entre 2014 e maio de 2021.

O projecto global inclui ainda uma segunda empreitada, a lançar posteriormente, para requalificação do Serviço de Gastroenterologia e de Consulta Externa de Abrantes.

Casimiro Ramos diz que esta segunda empreitada vai implicar um investimento na ordem de 1,8 milhões de euros com IVA e o que o concurso público vai ser lançado muito em breve, com as duas obras a avançarem em paralelo em 2021 e previsão de conclusão em 2023.

Mais Notícias

    A carregar...