Sociedade | 14-12-2022 21:00

Entroncamento de luto acompanhou Ana Rita e a filha à sua última morada

Entroncamento de luto acompanhou Ana Rita e a filha à sua última morada
EDIÇÃO SEMANAL
Pavilhão Albano Mateus, casa do União Futebol do Entroncamento, encheu-se de pessoas que quiseram despedir-se de Ana Rita Silva, que faleceu de doença súbita, a poucos dias de ser mãe pela terceira vez

Pavilhão do União de Futebol do Entroncamento encheu-se de populares e sócios do clube para se despedirem de Ana Rita Silva, que faleceu de doença súbita, a poucos dias de ser mãe pela terceira vez.

O pavilhão Albano Mateus, casa do União de Futebol do Entroncamento, encheu-se de populares e sócios do clube para se despedirem uma última vez de Ana Rita Silva e da pequena Ana Vitória, que estava a poucas semanas de nascer. Ana Silva ia ser mãe pela terceira vez, mas a secretária da direcção do União Futebol Entroncamento acabou por ser vítima de uma doença súbita no domingo, 27 de Novembro.
No centro do ringue estiveram em câmara ardente as duas urnas. Luís Silva, marido e delegado de uma das equipas do União, acompanhou os amigos e colegas da esposa para o último adeus. Na parte final do velório, o plantel sénior de hóquei em patins do clube uniu-se e entoou o grito que costuma efectuar antes de cada jogo (“Vamos à vitória…União, União, União”), seguido de uma salva de palmas prolongada e que emocionou toda a gente.
Nas conversas ouviram-se lamentos e desabafos sobre a injustiça de perder subitamente uma pessoa “muito especial” que “dava o seu melhor em tudo o que participava” e “ajudava quem mais precisava sem querer nada em troca”. As várias dezenas de pessoas seguiram a pé o cortejo fúnebre, em silêncio, até ao cemitério do Entroncamento, onde foram sepultados os corpos de Ana Silva e Ana Vitória.
Há poucas semanas Ana Silva recebeu O MIRANTE nas instalações do União quando a equipa sénior de hóquei em patins apresentou o plantel. Afável, foi ela que nos conduziu para realizar uma entrevista com Daniela Saboga, presidente da associação, com quem mantinha uma relação profissional e de amizade de vários anos. Ana Rita Silva vivia em Vila Nova da Barquinha e trabalhava na empresa Recheio Cash & Carry. Deixa dois filhos menores, um deles atleta do clube.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo