Sociedade | 06-01-2023 10:00

O morador que deu o exemplo a limpar sarjetas entupidas na Póvoa de Santa Iria

O morador que deu o exemplo a limpar sarjetas entupidas na Póvoa de Santa Iria
Sara Novais junto ao avô, Jorge Martins, que decidiu meter mãos à obra e fazer o trabalho que o poder local não fez

Moradores da Póvoa de Santa Iria elogiaram a atitude voluntariosa do morador que, mesmo com mau tempo, foi fazer o trabalho que o poder local tarda em resolver na cidade.

Como a junta de freguesia e a câmara municipal não limpavam as sarjetas entupidas que estavam a impedir o escoamento da água na Rua António França Borges, na Póvoa de Santa Iria, um morador da cidade arregaçou as mangas e foi fazer o que o poder local tardava em resolver. Um exemplo de cidadania que rapidamente mereceu elogios pela cidade. Jorge Martins, de 68 anos, vive há vários anos naquela rua e reparando que as sarjetas estavam cheias de lixo e folhagem acumulada que impedia o normal escoamento das águas decidiu pôr mãos à obra e começou a limpar os sumidouros.

Conhecido e acarinhado por todos os vizinhos, cheio de energia e com muito boa disposição, Jorge diz que fez apenas o que tinha de ser feito para o bem de todos. Em momento algum critica a junta, referindo que há coisas que poderiam ser mais controladas e organizadas tendo em conta que é algo que acontece com frequência no local. Sara Novais, neta de Jorge, de 18 anos, confessa que ficou surpreendida com a reacção da comunidade. “O meu avô, como qualquer morador, gosta de viver num espaço limpo, foi uma questão de bom senso para todos”, acrescenta.

*Notícia desenvolvida na edição semanal em papel desta quinta-feira, 5 de Janeiro

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1596
    11-01-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1596
    25-01-2023
    Capa Médio Tejo