A Palavra dos Leitores | 19-07-2011 00:24

Problemas com a recolha de lixo em Santo Estevão

Deixa muito a desejar, não. É uma autêntica porcaria o cheiro de todos os contentores. É próprio de terras do Terceiro Mundo. Durante anos, na Rua António Joaquim Alves Inácio, Nº.41, viveu uma deficiente com um glaucoma e mesmo em frente ao seu quarto estava um contentor sempre cheio, aberto e sujo. Essa menina, Lina Maria de Moura Cavaco, viveu os últimos 2 anos no quarto e sempre com a janela fechada por causa dos maus cheiros do dito contentor. São tão rígidos a cobrar as dívidas de água mas nem sequer colocam no terreno inspectores para verificarem o que os funcionários do lixo fazem.Santo Estêvão já merece várias ilhas ecológicas .Como é que querem que as pessoas façam a reciclagem se não dão condições? Devem querer entrar para a Bolsa. Rosa Maria de Moura Cavaco

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo