A Palavra dos Leitores | 22-03-2012 08:59

Município da Azambuja desiste de representação própria na Bolsa de Turismo e poupa oito mil euros

Parece que finalmente começa a haver algum juízo. Não interessa se o retorno à realidade foi provocado pela crise. O que importa é que sem dinheiro à farta para gastar mal gasto os municípios começam a poupar e a fazer o que devem fazer. Azambuja e Vila Franca de Xira, como muitos outros concelhos, podem ter alguns pontos de interesse turístico mas não merecem uma visita prolongada. Incluir a sua oferta em pacotes turísticos que englobem outras terras é a melhor solução. Trabalhar com as agências de turismo para atrair visitantes sazonais em alturas do ano propícias a visitas ou em alturas de festas tradicionais e outras iniciativas culturais é o caminho. Alguns economistas defendem que as crises podem ser momentos de oportunidade. Agora percebo melhor porquê. Abençoada crise que tão bem podes fazer ao país em termos de despesismo. Não somos um país rico como nos andaram a fazer crer mas também não somos um país pobre. Equilíbrio e bom senso são essenciais e quem não tem dinheiro não pode ter vícios. Madalena FrazãoNotícia relacionada: http://semanal.omirante.pt/index.asp?idEdicao=538&id=81805&idSeccao=8970&Action=noticia

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo