A Palavra dos Leitores | 31-01-2013 10:17

Entrevista Rute Baptista Pato

Minha cara amiga Rute, se os imóveis que dizem ser históricos e protegidos não têm qualquer protecção e as empresas urbanistas ligadas ao estado pouco ou nada fazem, não espere milagres. As autarquias locais sobrecarregam os senhorios de taxas e burocracias no que diz respeito a recuperação dos imóveis e nada fazem para mudar isto. O trânsito nas cidades velhas é uma outra desgraça que afasta o turista pois a cidade fica cheia de buracos e as paredes dos edifícios sujas e com rachas. O Distrito de Santarém é uma vergonha no que diz respeito a recuperação das cidades e às fachadas dos seus prédios. Temos muitos engenheiros e arquitectos mas faltam pessoas de trabalho e com prática. Qualquer papelinho assinado por um engenheiro ou arquitecto custa. no mínimo quinhentos euros e sem IVA, com IVA é mais caro. Por causa desta política urbanista é que Portugal apresenta fachadas e ruas que parecem ter saído de uma guerra mundial. Mais valia deitar abaixo e fazer tudo de novo, já que os senhores historiadores e estas empresas público / privadas nada fazem. PauloNotícia relacionada: http://www.omirante.pt/index.asp?idEdicao=54&idSeccao=544&id=56798&Action=noticia&title=Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo