Arquivo | 01-03-2005 16:37

Câmara de Santarém expropria terreno para instalar Lactogal

A Câmara de Santarém aprovou segunda-feira a expropriação de uma parcela de terreno para a instalação da fábrica de lacticínios da Lactogal, prevendo a autarquia que a unidade avance ainda este ano.A área em causa, de cerca de 4,5 hectares, tem estado a ser negociada com os proprietários, não tendo sido possível obter o acordo de alguns membros da família.Afirmando acreditar que possa ainda ser feito um acordo enquanto decorrer o processo de expropriação, o líder da autarquia, Rui Barreiro adiantou que os 4,5 hectares de terreno se vão juntar aos nove hectares já na posse da Lactogal, a qual deverá arrancar com os trabalhos no terreno ainda este ano.O valor proposto pela autarquia, perto de dois euros por metro quadrado, corresponde ao valor real neste momento, de acordo com a classificação do solo no Plano Director Municipal, admitindo alguma correcção quando for feita a alteração da classificação.Na reunião de Câmara de segunda-feira foram ainda aprovados os protocolos com cinco proprietários de parcelas de terreno necessárias para a conclusão da circular urbana de Santarém, mais conhecida por Rua O, assegurando Rui Barreiro que com esta decisão estão reunidas as condições para os trabalhos arrancarem este mês.Os acordos com os proprietários prevêem o pagamento de indemnizações num total de perto de 400 mil euros, ficando por resolver duas situações, prevendo o autarca que o acesso Sul à cidade possa estar concluído em Setembro.A aprovação dos acordos com os proprietários passou com os votos favoráveis do PS e da CDU e com a abstenção do PSD, em três casos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo