Arquivo | 28-03-2006 10:09

Sessão de esclarecimento sobre CIRVER na Chamusca pouca participada

A população da vila da Chamusca está pouco interessada em obter esclarecimentos sobre os dois CIRVER – Centros Integrados de Recuperação, Valorização e Eliminação de Resíduos Industriais Perigosos - que vão ser instalados no concelho.Numa sessão promovida sexta-feira pela Câmara da Chamusca no Edifício de São Francisco foram mais os técnicos e autarcas dispostos a prestar informações do que os interessados em ficar a saber algo mais sobre o tratamento de resíduos perigosos. Perante as cerca de 15 pessoas presentes, o presidente da câmara, Sérgio Carrinho (CDU), afirmou que, apesar de todas as medidas que estão a ser tomadas, a construção dos dois CIRVER no concelho da Chamusca é uma aposta de risco. “Risco de que temos plena consciência e que tudo iremos fazer para minimizar”, garantiu.Saiba mais sobre esta notícia na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo