Arquivo | 04-01-2013 07:16

Tribunal de Sintra lê hoje acórdão de alegada rede de assaltos a marcos dos correios

Quarenta arguidos conhecem hoje no Tribunal de Sintra o acórdão do processo em que estão acusados de pertencerem a uma rede que assaltava marcos dos correios na grande Lisboa para posterior falsificação de cheques.O Ministério Público acusou 40 arguidos dos crimes de associação criminosa, burla e furto qualificado, branqueamento de capitais, falsificação de documentos e violação de correspondência, entre outros, num processo com 149 testemunhas.De acordo com a acusação, o ‘modus operandi' do grupo consistia em furtar cheques que pertenciam a bancos, instituições de crédito, Segurança Social, empresas e particulares dos marcos dos correios dos CTT, previamente escolhidos pelos dois alegados cabecilhas. Seguia-se a selecção dos cheques a adulterar e a sua entrega aos falsificadores. O esquema, que terá funcionado entre 2009 e 2010, prosseguia com o depósito dos cheques com os valores adulterados em contas bancárias abertas com documentação falsa, angariadas por 15 dos arguidos junto de familiares e amigos ou em contas criadas para o efeito pela organização.De acordo com a acusação, no topo da organização criminosa encontravam-se Carlos Barreto (conhecido como Calili ou Cardume) e um outro arguido conhecido por Bola que, segundo o MP, fundaram, lideravam e controlavam o grupo, dando instruções directas aos outros elementos, nomeadamente aos falsificadores e angariadores das contas bancárias.Nove dos arguidos encontram-se em prisão preventiva, ao abrigo deste processo e três estão a cumprir pena por condenação noutro julgamento. Durante o julgamento um dos arguidos viu a sua medida de coação alterada, de prisão preventiva para termo de identidade e residência, disse à agência Lusa uma fonte ligada ao processo.A leitura do acórdão está prevista para as 10:00 no Tribunal de Sintra.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo