Arquivo | 09-01-2013 18:43

GNR identifica empresa vidreira por descarga de óleo em ribeira da Marinha Grande

A GNR anunciou hoje a identificação de uma empresa ligada à indústria vidreira que se encontrava a descarregar óleo na ribeira das Bernardas, que será alvo de um processo de contraordenação.A ação de fiscalização ocorreu na segunda-feira, entre as 09:00 e as 13:00, após “uma denúncia telefónica efetuada diretamente à GNR”, disse à agência Lusa fonte daquela força policial.Os dois militares do Núcleo de Proteção Ambiental contaram com a colaboração de elementos da Proteção Civil e dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento da Câmara da Marinha Grande.Para além da identificação foi levantado um auto de notícia à empresa, tendo sido também recolhidas amostras de água para análise em laboratório, cujos resultados serão conhecidos dentro de um ou dois meses, indicou à Lusa a mesma fonte da GNR.Em abril de 2012 um derrame de óleo queimado afetou cerca de 40 patos, que tiveram de ser retirados da linha de água e encaminhados para o Centro de Reabilitação de Animais Marinhos de Quiaios.O autor da descarga poluente foi identificado pelas autoridades e alvo de um processo de contraordenação, sendo que o derrame obrigou a operações de limpeza que custaram à autarquia mais de 1800 euros.O caso motivou um apelo da Oikos – Associação de defesa do Ambiente e do Património da Região de Leiria às autoridades para serem “intransigentes, fazendo cumprir a lei, e a reforçarem os mecanismos de segurança”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo