Arquivo | 15-01-2013 10:24

Adesão à greve dos trabalhadores do metro de Lisboa é total - Sindicatos

A adesão à greve parcial dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, que teve início às 06:30 e termina às 10:30 é total, disse à agência Lusa Anabela Carvalheira, da Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (FECTRANS).“Ainda é muito cedo para ter números de adesão mas no que diz respeito aos trabalhadores que entravam ao serviço a esta hora [entre as 06:00 e as 07:00] a adesão é total. Agora temos de acompanhar durante o dia para ter dados mais concretos”, adiantou a sindicalista, acrescentando que todas as estações do metro estão encerradas.Anabela Carvalheira salientou que os trabalhadores do metro “hoje como no passado deram uma resposta contra todas as medidas que estão a pôr em causa a subsistência dos postos de trabalho e a degradação do serviço social que prestam”.Contactada pela agência Lusa fonte do Metropolitano de Lisboa confirmou que as estações estão todas encerradas, prevendo-se que a circulação de comboios se inicie a partir das 10:30.Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa cumprem hoje uma greve parcial entre as 06:30 e as 10:30, pela defesa dos seus postos de trabalho, de acordo com a FECTRANS.Em causa estão reduções salariais, os cortes nos subsídios de férias e de Natal, o não-pagamento dos dias feriado, a taxa de solidariedade e a redução das horas extraordinárias, entre outros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo