Arquivo | 21-01-2013 18:21

Detidos por suspeita de roubos na margem sul em prisão preventiva

Dois homens suspeitos de vários crimes de roubo agravado na margem sul vão aguardar julgamento em prisão preventiva, informou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa."O Ministério Público apresentou a primeiro interrogatório judicial dois arguidos, um deles estrangeiro, de 19 anos e a permanecer de forma ilegal em território nacional, e outro português, a quem foi imputada a prática de seis crimes de roubo agravado, dois deles na forma tentada", refere o documento.Os crimes ocorreram entre 20 de Dezembro e 14 de Janeiro em várias localidades da margem sul, como Quinta do Conde, Moita, Setúbal, Barreiro, Montijo e Seixal."Um dos arguidos entrava na loja solicitando à funcionária a avaliação de uma peça e a certo ponto desinteressava-se e encaminhava-se para a saída, voltando subitamente para junto do balcão, empunhando uma arma de fogo", refere o documento.A nota acrescenta que obrigava as funcionárias de ourivesarias a permanecerem na casa de banho enquanto revirava o estabelecimento em busca de valores, roubando várias peças de ouro e prata, telemóveis, relógios, quantias em numerário e computadores."Em duas das circunstâncias, um arguido agrediu as funcionárias, sendo que numa das situações a reacção desta impediu-o de prosseguir os seus intentos e na última situação, a presença de mais uma pessoa do sexo masculino na loja levou à fuga do arguido", refere.Os dois detidos ficaram em prisão preventiva.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo