Arquivo | 23-01-2013 10:22

Primeiro-ministro britânico promete referendo sobre permanência do país na UE

O primeiro-ministro britânico prometeu ontem realizar, até 2017, um referendo sobre a permanência ou não do seu país na União Europeia e alertou que, sem uma reforma da união, o Reino Unido corre o risco de sair.Num discurso muito aguardado sobre o futuro da ligação entre Londres e a União Europeia, David Cameron alertou para os problemas da zona euro e para a "crise da competitividade europeia"."Se não abordarmos estes desafios, há o perigo de a Europa falhar e de o povo britânico ser levado em direcção à saída", disse.O conservador chefe do Governo britânico comprometeu-se ainda a celebrar, depois das eleições de 2015, um referendo sobre a permanência do Reino Unido na UE.Cameron prometeu que, se for reeleito naquelas eleições, convocará "um referendo sobre ficar ou sair" da União Europeia, à qual o país pertence há 40 anos.Será "um referendo sobre uma questão clara: dentro ou fora" e ocorrerá na primeira metade da próxima legislatura, que começa em 2015, disse.

Mais Notícias

    A carregar...