Arquivo | 17-10-2013 16:01

Governo mantém cortes de 30% nas fundações ligadas à Cultura

O secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, afirmou hoje que o Governo vai manter “excepcionalmente” o corte de 30% no financiamento das fundações ligadas à Cultura.“O Governo mantém a intenção geral, devido às restrições que vivemos, de cortes de 50% para as fundações, com a excepção que o Governo determinará para as fundações na área da Cultura [de 30%]”, explicou Barreto Xavier, após a sessão de reabertura da Casa das Artes, no Porto.É esse o corte, inscrito no Orçamento do Estado para 2014, que se verificará nas dotações para estruturas como a Casa da Música ou o Museu de Serralves, mantendo-se a excepção do Centro Cultural de Belém (CCB), que só sofrerá uma redução de 20%, justificada com “os encargos que o CCB tem com a Fundação Berardo”.Interrogado sobre o corte de mais de um milhão de euros no financiamento ao Teatro Nacional de São João, o secretário de Estado preferiu não prestar declarações, remetendo explicações para a Assembleia da República, de forma “a responder de uma maneira integrada às questões que serão colocadas pelos deputados e em função disso dar uma resposta geral a um assunto que é complexo”.O secretário de Estado esteve no Porto na abertura do seminário internacional “Património Cultural: Economia e Emprego”,que marcou a reabertura do espaço renovado, através de um investimento de cerca de 300 mil euros, da Casa das Artes, encerrada há cerca de dez anos.Jorge Barreto Xavier demonstrou a sua satisfação por “devolver à cidade um espaço arquitectónico referencial, a primeira obra reconhecida do arquitecto Eduardo Souto Moura, que acompanhou os trabalhos de reabilitação”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo