Arquivo | 20-10-2013 14:47

Secretário de Estado do Desporto diz que haverá uma pequena redução de verbas

O secretário de Estado do Desporto e Juventude disse hoje que o Instituto Português do Desporto e Juventude vai ser alvo de um corte no Orçamento de 2014, mas as verbas para investimento não devem sofrer alterações significativas."Nós estamos a fazer um esforço grande no sentido de irmos acomodando a maior parte desse corte dentro daquilo que são os custos da administração", disse à agência Lusa Emídio Guerreiro, em Vila Nova de Poiares, à margem da inauguração da primeira fase do Estádio Municipal.O governante recordou que, em 2011, o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) "tinha um orçamento muito grande, mas 55% eram consumidos dentro da estrutura da máquina"."Neste momento, o custo da estrutura ronda os 20% e espero que, em 2014, baixe desse valor", sublinhou.Sem adiantar valores, Emídio Guerreiro confirmou que o orçamento do IPDJ vai sofrer uma pequena redução."Havendo um corte que pode parecer muito grande, do ponto de vista da transferência de verbas para a actividade desportiva e apoio à juventude acaba por ser menor do que o número indica", frisou.O secretário de Estado do Desporto e Juventude salientou que no programa olímpico "até há um reforço”, referindo que está a trabalhar para que o apoio directo às federações se mantenha dentro dos valores de 2013.O Orçamento do Estado entregue na Assembleia da República para 2014 prevê, no quadro das Despesas por Medidas dos Programas da Governação e Cultura, um total 81,1 milhões de euros para a rubrica Desporto, Recreio e Lazer. Essa rubrica tinha, no OE anterior, uma verba orçamentada de 88,6 milhões de euros.Relativamente a Programas Orçamentais, está orçamentada uma despesa global de 35 milhões de euros para 2014 no Desporto, que compara com os 34 milhões do ano em curso.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo