Arquivo | 11-11-2013 10:35

Portugal quer aumentar fluxos de investimento com economias emergentes

O ministro de Estado e de Negócios Estrangeiros, Rui Machete, anunciou hoje, na Índia, que Portugal quer potenciar a troca de investimentos com as economias emergentes, destacando que o país aumentou as exportações para fora da União Europeia."Enquanto os nossos parceiros europeus continuarão a desempenhar um papel fundamental no fortalecimento da economia portuguesa, os destinos das nossas exportações têm-se diversificado e as quotas de mercado fora da União Europeia têm aumentado, em particular nos países das economias emergentes, com um rápido crescimento", disse o governante, na sua intervenção na sessão plenária do encontro de ministros de Negócios Estrangeiros da Europa e da Ásia (ASEM), que começou hoje de manhã em Nova Deli, Índia."Estamos empenhados em aumentar os fluxos de investimento com estas economias", declarou.Rui Machete destacou que as exportações representam actualmente 41% do PIB, contra 28% em 2010, acrescentando que actualmente há cerca de 41 mil empresas exportadoras em Portugal, o dobro de há três anos.A intervenção do ministro dos Negócios Estrangeiros português foi dedicada ao tema "Reforçar a cooperação económica e revitalizar o crescimento"."No contexto de restrições orçamentais severas e da diminuição do consumo interno, sentimos em Portugal - provavelmente de modo mais tangível que em muitos outros países - o impacto essencial que as exportações e o investimento estrangeiro directo têm no crescimento da economia, neste mundo globalizado e altamente competitivo, que a todo o momento nos exige que façamos mais e melhor", declarou Rui Machete.O governante sublinhou a confiança do executivo e as empresas portuguesas nos acordos de comércio livre com os parceiros asiáticos que a União Europeia "está empenhada em concluir"."Devemos aproveitar ao máximo as sinergias e complementaridades que existem entre as nossas economias", afirmou Machete.O encontro decorre hoje e na terça-feira na capital indiana, sob o tema "ASEM: Uma ponte de parceria para o crescimento e o desenvolvimento", reunindo responsáveis de negócios estrangeiros de 49 países, além da chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo