Arquivo | 13-11-2013 08:55

Portugal procura agarrar um dos últimos bilhetes para o Mundial 2014 no Brasil

A selecção portuguesa de futebol procura agarrar a última oportunidade de qualificação para o Mundial2014, ao receber sexta-feira a Suécia, na primeira mão de uns "play-offs" que se confundem com o duelo entre Cristiano Ronaldo e Zlatan Ibrahimovic.Depois de ter falhado o apuramento directo, ao terminar na segunda posição do Grupo F europeu de apuramento, atrás de uma pouco impressionante equipa da Rússia, Portugal volta a ver-se na obrigação de passar pelas eliminatórias para assegurar uma fase final, como aconteceu no Mundial de 2010 e no Europeu de 2012.A grande diferença entre essas duas, afinal bem-sucedidas, campanhas parece estar no valor do adversário: em vez da mais modesta Bósnia-Herzegovina, que desta vez até alcançou a qualificação directa, a equipa lusa terá pela frente um adversário que só não resistiu à poderosa Alemanha na fase de grupos.A importância de Ronaldo e Ibrahimovic para as respectivas selecções é tal que os seleccionadores Paulo Bento e Erik Hamrén tiveram o máximo cuidado em assegurar que os avançados estariam nos dois jogos dos "play-offs" e ambos “limparam” o registo disciplinar nos penúltimos jogos da fase de grupos.Os dois jogadores atravessam um dos melhores momentos de forma das respectivas carreiras, tendo ambos marcado um "hat-trick" no último fim-de-semana e cotando-se como os melhores marcadores da Liga dos Campeões, ainda que Ibrahimovic pareça transportar melhor essa condição para a selecção sueca.Na qualificação, Ronaldo só marcou no Luxemburgo (2-1) e na Irlanda do Norte (4-2), onde, com o seu primeiro "hat-trick" pela selecção lusa, ultrapassou Eusébio (41) e passou a ser o segundo melhor marcador de sempre, com 43 golos, atrás de Pauleta (47).Autor de seis remates certeiros, Ibrahimovic revelou-se mais produtivo e preponderante na campanha da Suécia, apontando golos decisivos em quatro partidas (nos dois embates com as Ilhas Faroé, frente ao Cazaquistão e à Áustria), que valeram a conquista de preciosos pontos na corrida pelo segundo lugar.Apesar da importância do avançado, nem só de Ibrahimovic vive a selecção sueca e o seu colega de sector, Johan Elmander, constitui outra forte ameaça para a defesa lusa, ainda que seja a superior estatura da equipa nórdica que mais preocupa Paulo Bento, como admitiu o próprio seleccionador.A boa notícia para o técnico passa pela recuperação da dupla de centrais, composta por Pepe e Bruno Alves, desfeita nos últimos dois encontros da fase de grupos, um sector nevrálgico tendo em consideração o "poder de fogo" da Suécia, como ficou demonstrado nos sete golos que marcou à Alemanha, em duas partidas.A chamada do médio William Carvalho, uma estreia absoluta na equipa principal, está directamente relacionada com a intenção de procurar contrariar a supremacia física dos suecos, mas o treinador debate-se com outros problemas, como as lesões de Fábio Coentrão, Pepe e do próprio Cristiano Ronaldo.Ainda que as lesões não pareçam impeditivas da participação dos três jogadores do Real Madrid no encontro, têm, pelo menos, condicionado a preparação, pois o avançado e o central falharam os dois primeiros treinos e o defesa lateral apenas trabalhou na terça-feira e de forma limitada.Hamrén também enfrenta algumas dificuldades, como a ausência devido a lesão do ponta-de-lança Tobias Hysén, autor de dois golos na derrota por 5-3 na recepção à Alemanha, no último jogo da Suécia no apuramento, no qual não estiveram Ibrahimovic e Elmander.Para rumar em vantagem para Solna, onde terça-feira disputa a segunda mão, Portugal precisa de cometer a uma "proeza" inédita: vencer em casa a selecção sueca, algo que nunca conseguiu, em sete jogos - três empates e quatro derrotas. Em contrapartida, já averbou três triunfos na Suécia.No que respeita às fases de qualificação, nas cinco vezes em que as duas selecções se encontraram, Portugal qualificou-se para os Mundiais de 1986 e 2010, enquanto ambos ficaram pelo caminho na corrida aos Europeus de 1968 e 1988 e ao Mundial de 1982.Portugal recebe a Suécia na sexta-feira, às 19:45, no Estádio da Luz, em Lisboa, com arbitragem do italiano Nicola Rizzoli, com a segunda mão a realizar-se quatro dias mais tarde, em Solna, num jogo que será dirigido pelo inglês Howard Webb.O vencedor da eliminatória apura-se para a fase final do Campeonato do Mundo de futebol de 2014, que se vai realizar no Brasil, entre 12 de Junho a 13 de Julho.

Mais Notícias

    A carregar...